22 de abril de 2016

MEMÓRIA AIC (26): OS CAMPEÕES



Os Campeões era uma série inglesa que misturava ficção e espionagem, que tem início quando três agentes Craig Stirling, William Gaunt e a belíssima Sharon Macready, que trabalham para as Nações Unidos, dentro de uma organização conhecida por "Nemesis", situado em Geneva.

Durante uma missão, o avião em que ele estavam acabam caindo nas  montanhas geladas do Himalaia, mas são salvos por um misterioso povo que vivia secretamente nas montanhas., que além de salvar suas vidas também transmitem a eles alguns poderes muito especiais como poderes telepáticos, muita força física e um boa memória. Ao retornarem novamente a sede da organização os três passam a receber as ordens por um sujeito denominado Tremayne, que os enviam a diversas missões.

Geralmente seus vilões usuais são os regimes fascistas na América do Sul, neo-nazista ou chineses. A série foi apresentada originalmente na Inglaterra, pela ITV, entre 1968 a 1969, apenas com uma temporada, num total de 30 episódios. 



"Os Campeões" misturava ficção com aventuras de espionagem. O motivo é óbvio: com o gênero "espionagem" francamente esgotado no final da década de 1960, os criadores Monty Berman e Dennis Spooner resolveram adicionar à velha fórmula um "algo mais". Esse novo ingrediente foi a pura ficção de termos heróis espiões com poderes telepáticos, alto nível de memória e até força sobre-humana.

Ao contrário de outras séries sobre espiões - onde o herói atua sozinho ou o que se tinha no máximo era uma dupla de heróis - "Os Campeões" tem como enfoque as aventuras de três agentes britânicos - dois homens e uma bela mulher.

Desconsiderando o fator "ficção", temos uma temática básica idêntica a de várias outras séries e/ou filmes que narram tramas de espionagem; quer seja para a tv, quer seja para o cinema.

 Mesmo assim, "Os Campeões" teve ótima audiência na Inglaterra e isso animou os produtores a tentarem produzir uma segunda temporada. Tudo dependeria de como o programa se comportaria no exterior. Infelizmente, foi justamente nos Estados Unidos que os índices não corresponderam e esse acabou sendo o fator determinante do cancelamento da série.
 

"Os Campeões" foi exibido originalmente no Brasil pela TV Record Canal 7 de SP. Seu lançamento ocorreu em 04 de Fevereiro de 1969, sendo transmitido com regularidade as terças-feiras, 22h. Mesmo sem ser um grande sucesso, a série possuía adeptos e existem pessoas que lembram dela até hoje.

Sabe-se ainda que os episódios 1 e 18 foram transformados num longa-metragem que se chamou "A Lenda dos Campeões". Não temos a informação se foi exibido nos cinemas, mas é fato ter sido exibido com regularidade no canal pago TNT.

A série foi produzida originalmente a cores, mas foi exibida em película branco e preto no Brasil, tendo em vista que na época de seu lançamento ainda não contávamos com o advento da tv colorida. Pouco se sabe a respeito de reprises nos anos posteriores.

 Ainda foi reprisada pela extinta TV Tupi de São Paulo algum tempo antes de seu fechamento (a emissora na ocasião já dispunha de cópias coloridas para transmissão). O mesmo ocorreu na cidade de Curitiba, no Estado do Paraná, no ano de 1978 (na ocasião foram utilizadas para transmissão películas coloridas de 16 mm).



**A DUBLAGEM DA AIC**



*ELENCO DE DUBLADORES FIXOS*



*Stuard Damon (Craig Sterling): Hugo de Aquino Júnior.

*William Gaunt  (Richard Barrett): Olney Cazarré.

*Alexandra Bastedo  (Sharron Macready): Helena Samara.

*Anthony Nicholls  (Tremayne): Carlos Campanile.

*Narração da abertura: Carlos Alberto Vaccari.



Distribuída pela ITC, assim como as demais séries inglesas: Thunderbirds, Stingray, Capitão Escarlate, Joe 90, O Prisioneiro e outras, a ITC era uma distribuidora que não possuía o potencial das americanas e, em muitos países, necessitou de um suporte de outra distribuidora para entrar no mercado televisivo.


Infelizmente, no Brasil, novamente encontramos a extinta Brascontinental, que ficou responsável em distribuir as produções inglesas da década de 1960.

O resultado disso é conhecido. Todas essas séries ficaram sem a sua dublagem original, uma vez que a Brás Continental fechou as portas por volta de 1984/85.

Como resultado, hoje encontramos resquícios de alguns episódios telecinados (em preto e branco), que alguns colecionadores conseguiram salvar.


Mais uma vez, o trabalho artístico brasileiro atirado numa "lata de lixo", como não houvesse nenhum valor !!




Helena Samara me confidenciou que iniciou a dublagem de Os Campeões, logo após saber que a atriz Barbara Bain havia saído da série Missão Impossível. Sendo assim, ficou feliz que continuaria com mais uma personagem fixa em série (algo economicamente importante para a época).


Carlos Campanile ao dublar um personagem mais velho (o chefe Tremayne), imprimiu um tom mais carregado à voz. Segundo consta, ele acreditava que outro dublador deveria fazer o personagem, mas José Soares categoricamente acreditava que a qualidade da sua dublagem seria o ideal.


Além de Olney Cazarré dublando o ator William Gaunt, o dublador Hugo de Aquino Júnior fora escolhido para dublar o ator Stuart Damon, que, de certa forma era o personagem principal.

Hugo de Aquino Júnior era muito escalado para vilões e homens truculentos, mas aqui deu uma grande demonstração da qualidade em dublar um agente inglês.

Infelizmente, quase nada restou desta dublagem e que ficou muito na memória dos que assistiram nos anos 60 (ainda em preto e branco) e no final dos anos 70 (já com cópias coloridas).


Mais um grande trabalho da AIC que ficou perdido pelo descaso !!!


**TRECHO DE OS CAMPEÕES COM A DUBLAGEM AIC**


OBS> Temos apenas o início do episódio com a narração de Carlos Alberto Vaccari.





**Marco Antônio dos Santos**